REGULAMENTO DO PROJETO ESTÚDIO SOCIAL II EDIÇÃO:

I – DA FINALIDADE DO PROJETO.

 Art. 1º – O Projeto “ESTÚDIO SOCIAL – II EDIÇÃO” tem como proposta em 2020, no ano em que Brasília completa 60 anos, realizar uma votação online para selecionar 60 grupos, bandas e cantores que irão fazer “lives” (shows na plataforma de mídia) no Youtube. As transmissões serão ao vivo pelo no canal com a gravação de um EP acústico com até 03 (três) composições obrigatoriamente inéditas por artista. 

 

II – DAS INSCRIÇÕES:

 Art. 2 – As inscrições serão realizadas exclusivamente pelo site oficial do projeto: www.estudiosocial.com.br.

Art. 3 – O Período de inscrição será do dia 29 de agosto de 2020 até o dia 10 de Novembro de 2020, conforme o cronograma das etapas.

Art. 4 – Cada banda, grupo ou músico poderá se inscrever em apenas uma etapa.

Art. 5 –  As bandas mais votadas e que conseguirem se classificar para a próxima etapa do projeto deverão contribuir com alimentos não perecíveis. Estes alimentos serão doados e distribuídos para artistas que se apresentam nas sinaleiras, nas ruas do Distrito Federal. Cada músico deverá contribuir com 03 Kg de alimentos não perecíveis.

Art. 6 – Todos os músicos para participarem do projeto deverão se inscrever no canal do youtuber (estúdio social).

 

III – SELEÇÃO

 Art.7 – Serão selecionadas 60 bandas em 12 etapas, 5 (cinco) grupos, cantores e bandas de cada etapa por meio de votação online pela internet, no site do projeto: http://estudiosocial.com.br/.

Art. 8 – Os músicos poderão concorrer nas seguintes categorias.

Categoria 1 – Música Religiosa: Cantores, bandas ou instrumentistas poderão se inscrever na sua região administrativa (RA). Nesta categoria somente será permitido o repertório com músicas religiosas. Em cada uma das 12 RAs será classificado o primeiro colocado que obtiver maior votação.

Categoria 2 – Solo: Poderão participar desta categoria cantores solo, com repertório e estilo musical com músicas de MPB, AXÉ, BLUES, BOSSA NOVA, SERTANEJO, SAMBA, PAGODE E POP.

Em cada uma das 12 RAs será classificado o primeiro colocado que obtiver maior votação.

Categoria 3 – Banda: Poderão participar desta categoria, bandas, grupos em geral, com repertório e estilo musical livre. Em cada uma das 12 RAs será classificado o primeiro colocado, que obter a maior votação.

Categoria 4 – Músicos portadores de necessidades especiais (PNE): Nesta categoria poderão participar músicos portadores de necessidades especiais (PNE) com repertório e estilo musical livre. Em cada uma das 12 RAs será classificado o primeiro colocado que obter a maior votação.

Categoria 5– Rap, Hip-hop, Eletrônica:

Nesta categoria poderão participar cantores e músicos em geral que têm no seu reportório canções com este estilo musical. Em cada uma das 12 RAs será classificado o primeiro colocado que obter a maior votação.

Art. 9 – Os músicos poderão se inscrever nas seguintes etapas:

Etapa 01 – Taguatinga – 08 a 12 de Setembro de 2020.

Etapa 02 – Águas Claras – 15 a 19 de Setembro de 2020.

Etapa 03 – Samambaia – 22 a 26 de Setembro de 2020.

Etapa 04 – Ceilândia – 29 de Setembro a 03 de Outubro de 2020.

Etapa 05 – Riacho Fundo I – 06 a 10 de Outubro de 2020.

Etapa 06 – Recanto das Emas – 13 a 17 de Outubro de 2020.

Etapa 07 – Gama – 20 a 24 de Outubro de 2020.

Etapa 08 – Santa Maria – 27 a 31 de Outubro de 2020.

Etapa 09 – São Sebastião – 03 a 07 de Novembro de 2020.

Etapa 10 – Plano Piloto – 10 a 14 de Novembro de 2020.

Etapa 11 – Planaltina – 17 a 21 de Novembro de 2020

Etapa 12 – Sobradinho I – 24 a 28 de Novembro de 2020.

 

Art. 10 – As bandas, cantores, músicos, inscritos serão nominados no site do projeto para votação por região administrativa (Etapa) e categoria. Os primeiros colocados de cada categoria serão os vencedores para participar de um Live Show e receberem uma ajuda de custo do projeto.

Art. 11 – Os 05 vencedores das categorias de cada etapa participarão novamente de uma votação para gravação de um videoclipe. O mais votado ganhará a produção de um videoclipe ao vivo, durante a transmissão da apresentação da sua Live.

 

IV – CACHÊ – AJUDA DE CUSTO.

 Art. 12 – Os 60 (sessenta) grupos, bandas e cantores que fizerem as apresentações on-line receberão cachê como premiação com a finalidade de diminuir o impacto da pandemia no setor musical, fomentando a geração de trabalho e renda aos músicos.

Art. 13 – Os 60 mais votados nas categorias receberam uma ajuda de custo de R$ 300,00 (trezentos reais).

Art. 14 – Está ajuda de custo será paga para o músico, cantor ou banda por meio de transferência bancária mediante a emissão de documentos fiscais, após a realização da live show.

 

V – PREMIAÇÃO.

 Art. 15 – O projeto vai premiar 03 bandas, cantores ou grupos que durante a transmissão das “lives” no canal do youtuber obtiverem maior número de LIKE’S. A premiação será de R$ 3.000,00 (três mil reais) para o primeiro lugar, R$ 2.000.00 (dois mil reais) para o segundo lugar e R$ 1.000,00 (um mil reais) para o terceiro lugar. O número de LIKES será contabilizado no final de cada transmissão da live.

Art. 16 – Cada Live terá a duração de 02 horas, que serão divididas da seguinte forma: 40 minutos para a banda ou cantor realizar a sua apresentação e 1h e 20 minutos para participação de convidados do cenário musical do Distrito Federal.

Art.17 – No encerramento da Live com duração de 2 horas, será informado ao vivo o número de likes atualizado, onde os músicos serão convidados a conferir o resultado. Não será computado deslikes, nem likes depois das 02 horas de transmissão e a atualização que é feita pelo youtuber que pode acrescentar ou retirar os likes.


VI – GRAVAÇÃO DO DVD E DO EP

Art.18 – O projeto Estúdio Social II Edição vai realizar o sonho dos músicos e gravar um EP com até 03 músicas, além de disponibilizar 20 cópias de CDs para os 60 grupos participantes do projeto. Estes CDs serão importantes para que os músicos possam divulgar o seu trabalho.

Art. 19 – O projeto Estúdio Social II vai disponibilizar 60 cópias aos 16 grupos mais votados pela internet que irão fazer parte de um DVD.

Art. 20 – Serão captados os áudios da apresentação da banda, sendo que, três faixas serão editadas para produção de um EP: obrigatoriamente, músicas autorais.

 

VII – TRANSMISSÃO DAS LIVES

Art. 21 – Todas as músicas e composições nas “lives” com transmissão ao vivo deverão ser obrigatoriamente inéditas.

Art. 22 – A banda, Grupo, Músico deverá chegar com duas horas de antecedência do início do horário marcado para transmissão da Live, para os ajustes técnicos. Caso não chegue no horário determinado será desclassificada e a Live será cancelada. 

Art. 23 – Cada Live terá a duração de 02 horas (Duas horas), compreendendo apresentação de até 40 minutos da banda ou músico e 1h20min (uma hora e vinte minutos), de propagandas, convidados, divulgações e interação do apresentador.

Art.24 – As músicas executadas pelas bandas deverão ser composições inéditas e originais, tanto na melodia quanto na letra. Entende-se por inédita a música não lançada por gravadora ou distribuída comercialmente em larga escala. Como original, a que não contiver plágio, adaptação ou citação poética e musical de outro autor ou compositor.

Art. 25 – Cada Live terá apresentação exclusiva de cada músico vencedor na sua categoria.

Art. 26 – As transmissões serão ao vivo pelo canal do youtube com a gravação de um EP acústico com até 03 (três) composições obrigatoriamente inéditas por artista.

 

VIII – CANCELAMENTO E DESQUALIFICAÇÃO.

Art. 27 – Será cancelada a LIVE da banda, sem direito ao cachê, a banda que não tiver respeitado o regulamento; em caso de atraso que comprometa a qualidade do som ou da transmissão e o repertório com músicas não autorais.



IX – OUTRAS INFORMAÇÕES:

Art. 28 – O estúdio Social se responsabiliza por toda a estrutura e equipamentos referente à transmissão de vídeo e áudio, iluminação, bem como os da captação do áudio, de acordo com Rider técnico informado no site oficial. No Rider Técnico do Projeto listaremos todos os equipamentos (Som, luz, Vídeo e Cenografia), que estarão disponíveis para a realização de suas apresentações.

 

Art. 29 – OS CASOS OMISSOS NO PRESENTE REGULAMENTO SERÃO RESOLVIDOS SOBERANAMENTE PELA COMISSÃO ORGANIZADORA DO PROJETO.